| Raio Negro | Primeiras impressões

Resultado de imagem para raio negro

Confira nossa crítica e primeiras impressões de Raio Negro, a nova série da CW sobre super heróis da DC Comics.

A CW tem em seu acervo, Arrow, The Flash, Supergirl e Legends Of Tomorrow, todas baseadas nos personagens dos quadrinhos da DC Comics. E sua nova empreitada é a série do personagem Raio Negro.

Logo na primeira cena, nos primeiros minutos, percebemos que Raio Negro irá abordar pontos diferentes das outras séries, pois ao invés de termos um héroi descobrindo seus poderes ou os treinando para usar no combate ao crime, temos aqui um herói que “pendurou as chuteiras” e agora é um diretor de escola. E logo de cara percebemos que o racismo será o ponto central da série, pois além de termos um elenco predominantemente negro, temos esse elemento muito forte em Raio Negro.

Somos apresentados a Jefferson Pierce (Cress Williams) que aposentou seus poderes não só pelo risco, e sim pela sua vida pessoal. A vida de Jefferson foi totalmente mudada ao assumir a identidade do Raio Negro e após muitos momentos ruins ele abandona de vez. E percebe que como diretor de escola ele mudar mais vida do que combatendo o crime a noite. Inclusive sua escola é um mar de seriedade em meio a violência de Freeland.

Pierce tem duas filhas distintas Anissa (Nafessa Williams) e Jennifer (China Anne McClain). Anissa é aquela típica filha rebelde que contradiz todas as ordens dadas e totalmente impulsiva em suas decisões, contrapartida temos Jennifer, a filha que não dá trabalho ao pai, pois é boa aluna, cursa medicina e ajuda na escola sempre que possível. Percebemos que a série irá abordar a relação entre as duas irmãs por essas diferenças. É importante ressaltar que ambas são heroínas nos quadrinhos, Anissa é a heroína Tormenta (Seus poderes se manifestam no final do episódio) e Jennifer é a heroína Rajada, mas essa não temos um informação se terá os poderes e se elas irão combater o crime juntas.

Temos um pequeno vislumbre do vilão da primeira temporada, Tobias Whale (Marvin ‘Krondon’ Jones III), foi uma aparição curta, mas fica claro que todos os esquemas de drogas, prostituição e gangues são encabeçados por ele e que o mesmo não leva desaforo pra casa e ele anseia pelo retorno de Raio Negro, pois há débitos entre os dois.

Outra informação que deve ser abordada em mais episódios, é essa abordagem de Jefferson de voltar ou não ao manto de Raio Negro, pois na ausência do herói a violência aumentou exponencialmente, o que deia suas filhas em risco e faz com que ele tenha que colocar seu uniforme pra resolver este ponto e ao final ele pensa se ele deve ou não retornar a ser o vigilante, afinal Raio Negro pode ser mais eficiente em alguns pontos que um diretor de escola.

A trama de Raio Negro será totalmente ambientada na família de Jefferson, pois ele é um pai de família que pensa que ele pode mudar o local onde vive sendo o melhor pra sua escola, trabalhando na recuperação de jovens, mas sabemos que nem todos podem ser transformados. Inclusive o racismo ajuda nesse sentido, afinal qual a perspectiva de um jovem negro recém saído da prisão em um local em que policiais te param na rua por ser negro? Jefferson percebe que precisa de algo a mais e essa discussão dever toda a “coluna” da primeira temporada.

O racismo, inclusive é o catalisador da volta de Raio Negro, e fica claro que será a sua motivação, pois percebemos que temos na cidade racismo em todos os níveis. há o descaso das autoridades, há o comportamento violento da polícia, mas fica claro que isso não será feito ou abordado de uma forma óbvia, afinal é um série de super herói. Mas o empoderamento está lá na sua cara, pra quem quiser ver.

Raio Negro começa bem e temos algo novo no ramo de super heróis. Vamos acompanhar.

 

Raio Negro estreou nos EUA em 16 de janeiro e chegou ao Brasil uma semana depois, em 23 de janeiro. No Brasil, a Netflix divulga semanalmente novos episódios da série.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.