| Attack On Titan | Crítica

Resultado de imagem para attack on titan live action

Confira nossa crítica do live action de Attack On Titan

Chegou nos nossos cinemas o Live Action de Attack of Titans, que foi inspirado no mangá chamado Shigenki no Kiojin, feito por Hajime Isayama. O sucesso foi gigantesco, pois com menos de 200 capítulos o manga virou anime, onde seu sucesso foi ainda maior, popularizando ainda mais a franquia. Com isso, uma nova etapa foi colocada. Uma adaptação em dois filmes do arco já apresentado nos animes.

Antes de discutirmos a qualidade ou pontos do longa, vale ressaltar que as adaptações live action de animes ou mangás, não tem sido bem recebidas pelo público em geral, pois como adaptar um anime de mais de 200 capítulos em um longa de uma hora e meia. Cavaleiros do Zodíaco: A Saga do Santuário mostrou isso. O bom que Attack on Titan consegue se sobressair.

Ao focar no suspense e não nas história dos personagens (o que pode incomodar determinadas algumas pessoas), o longa consegue tocar em mais pontos, pois o suspense demonstrado consegue prender a atenção logo no primeiro ato. E temos uma fidelidade ao material original não vista ainda em um live-action desse porte.

Enquanto há a fidelidade nos atos e ações nos personagens, não podemos dizer o mesmo quanto a época onde a história de se passa. Mudança de época na qual em vez de cavalos e feudo, temos carros, bombas e outros aparatos modernos, e a humanidade se destruiu com a tecnologia, mostrando que a história se passa em um futuro pós apocalíptico, muitos personagens ficaram de fora, ficando apenas os principais Eren, Mikasa e Armim (que não é loiro). Estes detalhes podem incomodar um fã mais fiel, o que é compreensível, mas pelo menos as cenas de ação são idênticas ao anime e ocorrem respeitando este arco.

Da mesma forma que os personagens morre sem enrolação logo que você se simpatiza com eles, o filme mata muita gente, e os efeitos especiais capricharam na quantidade de sangue, e crueldade com os titans devorando pessoas, membros voando para os lados e muito sangue jorrando. Efeitos bem feitos, alguns até bem gore.

O final é eletrizante, fazendo os fãs realmente pensarem, agora sim temos uma fidelidade total ao material, o que deixa uma ponta (pra não disser várias) pra continuação que chega aos cinemas brasileiros em maio deste ano.

Attack On Titan é que aquele filme que ou você ama ou odeia. Ou você irá amar as cenas retiradas do anime ou irá reclamar da falta de fidelidade ao material original em outros momentos. Então vá ao cinemas e decida de que lado estará.

O texto foi realizado por Guilherme Enrico e editado por Bruno Simioni

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.